quarta-feira, 8 de junho de 2016

Um Grande Guerreiro

          Há exatamente um ano escrevi aqui pela última vez. Infelizmente volto para tristemente falar sobre um amigo que acabou de partir. Conheci o Lucas na Ilha do Pavão, época em que remávamos juntos no União. Sempre vou lembrar dele como um cara extremamente alegre e com alto astral; de longe ele nos avistava e vinha alegremente nos cumprimentar com movimentos sempre energéticos. 
          Desde o remo o Lucas já era decidido em cursar engenharia mecânica. E conseguiu, estudou na mesma universidade que eu, onde nos encontrávamos frequentemente. Participou de diversos encontros da FUFA, sendo muito amigo de todos nós. Quando soubemos que sofria de leucemia ficamos todos tristes e chocados, sempre torcendo por melhoras. Ele sempre nos manteve informados sobre sua situação, mostrando um otimismo enorme. Da última vez que deu notícias já estava falando sobre alta e marcando um próximo encontro com o pessoal e comermos pão com Nutella, como ele bem enfatizou. Ficamos todos de coração partido com a notícia, mas sabemos que ele lutou até o fim e nunca deixou de mostrar isso.
          Em nome de todos nós, desejo os mais sinceros sentimentos à família, ele foi uma grande pessoa e tenho certeza que será sempre lembrado por todos. Sua alegria e otimismo, dignos de um verdadeiro amigo, ficarão guardadas para sempre conosco.

Foi um prazer vivenciar essa amizade.

Vá em paz, Lucas Santurio.